top of page

Jesuítas portugueses acolhem Magis 2022

A Província Portuguesa da Companhia de Jesus vai acolher o Magis em 2022, uma espécie de pré-jornada para jovens de todo o mundo ligados às obras dos jesuítas. Este encontro, que antecede a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), deverá reunir cerca de 2000 jovens de todas as províncias dos jesuítas e acontecerá em várias zonas do país.


“Foi com enorme alegria que recebemos a notícia de que as próximas Jornadas Mundiais da Juventude serão em Lisboa”, afirmou o P. Pedro Rocha Mendes, sj, coordenador da pastoral juvenil e universitária dos jesuítas em Portugal, acrescentando que isso significa que a “Companhia de Jesus irá organizar o Magis 2022, realizado uma semana antes”.


Esta grande experiência de encontro, partilha e conhecimento, proporcionada aos jovens ligados à espiritualidade inaciana, com idades entre os 18 e 30 anos, começará com a reunião de todos numa espécie de kick off de dois dias, de onde os participantes sairão depois para uma experiência inaciana de seis dias. Divididos em pequenos grupos, e espalhados por vários locais, serão desafiados a realizar diferentes atividades pastorais, voltando a reunir-se no final da semana. À semelhança de outros Magis, e tal como aconteceu há dias no Panamá, o Superior Geral dos Jesuítas, P. Arturo Sosa, sj, deverá juntar-se aos jovens nestes últimos dias para dialogar e celebrar com eles.


O Magis exige uma enorme operação logística e pastoral que começará a ser preparada nos próximos meses pois, além das várias centenas de participantes, mobiliza também algumas centenas de voluntários e jesuítas.


A primeira edição do Magis aconteceu em 1997, na Jornada Mundial da Juventude de Paris, e em 2005 ganhou uma forma mais institucional. O encontro reúne jovens dos mais diversos países, raças e culturas ligados à espiritualidade inaciana, um importante legado de Santo Inácio de Loiola.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page